Mesa de Jantar: Como Calcular o Tamanho Ideal

Por 4 de julho de 2018Sem categoria
mesa de jantar

Embora isso passe despercebido em muitos casos, calcular o tamanho ideal da mesa de jantar é um aspecto muito importante. Imagine, por exemplo, como é incômodo perceber, apenas após a conclusão do projeto de decoração, que a mesa ficou ocupando um espaço maior do que o ideal e está prejudicando a circulação das pessoas ao seu redor.

Por isso, para ajudar você a não passar por situações como essa, mostraremos abaixo algumas dicas muito importantes para calcular o tamanho ideal de uma mesa de jantar. Confira com atenção e veja como evitar dores de cabeça em relação a essa questão!

Levar em conta os pontos de circulação em volta da mesa

A primeira coisa para que se consiga calcular o tamanho ideal de uma mesa de jantar é pensar nas circulações em volta dela. Quando possível, o indicado é que fique um espaço de 1,10 a 1,20 metros entre a parede e a mesa.

Porém, principalmente em se tratando de apartamentos, na maioria dos casos, isso é inviável. Diante disso, deve-se tentar deixar um espaço de, no mínimo, 90 centímetros. Lembrando que essa distância é da mesa – e não das cadeiras – até a parede (ou até o móvel mais próximo).

Usar uma mesa de um formato alternativo

Mesmo se não for viável respeitar as distâncias mencionadas acima, há uma solução. Trata-se da utilização de mesas com formatos alternativos. Uma boa opção são as mesas em formato oval. Nesse caso, há a eliminação das pontas, que são substituídas por curvas. Com isso, a circulação melhora consideravelmente.

Usar um banco em um dos lados da mesa de jantar

Outra boa maneira de ampliar a circulação em espaços apertados é usar bancos em um dos lados da mesa. Ao fazer isso, a distância entre a mesa e a parede do lado no qual vai ficar o banco pode ser de apenas 50 centímetros. Desse modo, aumenta bastante a circulação do lado oposto.

Essa é uma boa opção para ambientes que não comportariam adequadamente uma mesa retangular com boa circulação dos dois lados. Obviamente, devido ao banco, um dos lados da mesa perde a circulação. Porém, ter apenas um lado com circulação, mas com um amplo espaço, é melhor do que ter os dois lados com distâncias muito reduzidas.

Posicionar a mesa com uma das pontas encostada na parede

Embora isso faça com que um lugar na mesa seja “perdido”, posicioná-la com uma das pontas encostada na parede é uma maneira de melhorar a circulação. Sendo que usar esse artifício, em alguns casos, até viabiliza que a mesa fique em lugar no qual, sem ser dessa forma, não seria possível colocá-la.

Pensar na quantidade de pessoas que irão utilizar a mesa

Para calcular o tamanho ideal da mesa é essencial pensar quantas pessoas você quer que ela comporte. Nesse sentido, você deve considerar que cada pessoa deve ter cerca de 70 centímetros à disposição. Dessa forma, uma mesa com 2,10 metros de comprimento comporta três pessoas de cada lado confortavelmente.

Obviamente, se for possível, é mais adequado ter uma mesa, por exemplo, com 2,40 metros de comprimento, pois isso viabiliza que as pontas também sejam usadas, fazendo com que mais duas pessoas se sentem (com total conforto para todos).

Conclusão

De um modo geral, percebe-se que, para calcular o tamanho ideal de uma mesa de jantar, existem duas coisas essenciais. A primeira é ter uma noção de quantas pessoas, em média, ocuparão a mesa. A segunda é respeitar os espaços necessários para que a circulação ao redor da mesa não seja prejudicada. Sendo que, nesse último caso, é possível até alterar o formato da mesa para adequá-la ao local. Dessa forma, conclui-se que não é muito complicado definir o melhor tamanho para esse item tão importante em qualquer residência.

Você tem dúvidas sobre como compor a sua sala de jantar ou qualquer outro ambiente da sua casa. Então deixe um comentário nos fazendo uma pergunta! Teremos muita satisfação em lhe ajudar!

Deixe um comentário